Quando eu projeto, gosto de dar calor aos ambientes, ou aquecer e quando a arquitetura está fria, é aí que a coisa fica boa, vamos colocar madeira e abuse do seu charme. Os ambientes ficam extremamente acolhedores e é claro que a gente acha que a casa fica com mais charme.

A madeira é versátil e podemos cambiar entre a estrutura, decks, paredes , telhados, móveis e etc… a marcenaria é muito rica e versátil. As paredes forradas em madeira tem um plus caso você pense em esconder alguma porta, ele deve ser pivotante e visto de longe acaba ficando um extenso painel, que é lindo de viver.

Como a palavra de ordem nos dias atuais é reciclar, que tal enfeitar a casa com algo que iria para o lixo e deixá-la um luxo? Com criatividade temos mil e umas opções que podem ser feitas com os caixotes de madeira, aqueles antigos de feira, eles estão em alta. Saem das centrais de abastecimento e, muitas vezes, são desprezados, ou pelos feirantes ou pelos próprios produtores.

Em muitas cidades eles já foram substituídos por caixas de plástico por questões de higiene e por perdas de produtos durante o transporte. Mas enfim, quem ainda encontra os caixotes dando bobeira por ai, pode se encher de coragem, se engajar num DIY (faça você mesmo) e deixar um cantinho da casa lindo.

Na falta do tradicional caixote de madeira, procure caixas de vinho ou de bacalhau, estas dão um ar bem elegante e são também de madeira, resistentes e chics , sempre vem com a grife do produtor que faz com que fique bem enobrecida o nosso reuso.

A senha é respeitar o meio ambiente com isto a vida fica mais leve.

 

*Imagens retiradas da internet.

Um dos desafios de viver em um pequeno espaço é: onde você vai colocar todas as suas coisas? E uma vez que você encontre um lugar para colocar tudo, como você vai manter seu apartamento pequeno parecendo um apartamento e não um armazém? Aqui rola uma mistureba danada causada pela montoeira de coisas que eu costumo chamar de “Cocotel” , imagino que você não vai querer viver neste caos, né ?

Como eu sou espaçosa, também sofro deste mal, as armadilhas são as seguintes: De repente você está querendo abrir espaço na sua mesa para por as suas coisas ou criar um espaço especial quando você se apaixona por um objeto de desejo, compra e fica na maior saia justa porque onde você vai por o seu mimo que você acabou de comprar ? Vamos considerar espaço na horizontal, e não espaço em parede, ok ? Mas você observa que isto não faz parte neste momento do seu universo.

Qual a ideia ?

Em um apartamento pequeno, o espaço vertical é seu amigo. Você pode não ter o espaço para uma estante de livros extra, mas você provavelmente pode encontrar um lugar acima de uma mesa ou cômoda para fixar algumas prateleiras na parede. Tudo, desde utensílios de cozinha até móveis dobráveis pode ser pendurado em ganchos na parede, de modo que eles são facilmente acessíveis e não ocupam espaço no chão.

Há muito espaço em cima de coisas que você talvez não tenha considerado. As possibilidades são boas, você já está usando até o topo da geladeira para armazenamento, mas e esse espaço acima dos armários? Outro pequeno truque espacial que eu amo é montar prateleiras acima das portas, o que pode adicionar um precioso espaço extra.

Tendo todo o armazenamento aberto e nenhum armazenamento fechado as coisas se complicam, então entram os organizadores de paredes que são ótimos, mas se tudo o que você possui está sendo armazenado à mostra, seu apartamento provavelmente ficará um pouco caótico. Bolsas nos armários ou prateleiras ? Ah, um detalhe! as gavetas, podem ser úteis para esconder a zona que a gente sempre faz. Se você está pensando em ter tudo em prateleiras, compre cestas ou caixas e mostre que as coisas podem ficar organizadas e até bonitas.

Quando você se mudar para o seu apartamento, e ele não tiver armários, acenda o alerta !!! Avalie suas necessidades de armazenamento e conforme for, veja se suas coisas vão caber. Caso o contrário saia à cata de mais prateleiras, organizadores de calçados, fitas com ganchos para prender suas bolsas, organizadores em lojas de arrumação e só te falo isto “hello” se adeque à sua nova infraestrutura e veja o que te reserva, porque meu bem, as doações estão aí para estas ocasiões e são muito bem vindas. Tenha em mente que ao longo da vida, você provavelmente irá adquirir mais livros, mais sapatos e mais outras coisas. A menos que você esteja bem vigilante quando comprar algo novo , se for livros leia-os e depois doe, se for roupa, compre uma e doe outra e por aí vai. Mas, planeje um pouco seu armazenamento extra logo no início.

Pergunte-se “onde eu coloco?” e não “por que eu preciso disso? “Por que estou mantendo ou comprando isso mesmo” ?

E depois concorda comigo que isto te dará muito mais alegria ? Repare, você vai ver que você precisa de muito menos espaço de guardar do que pensava, e isso fará você e sua casa muito mais feliz ! Essa posição te abrirá portas e seu lugar vai estar reservado no universo e ele te agradecerá.

A primeira impressão é a que fica, então seja um Hall, ou uma entradinha pequena, o importante que é aqui o lugar por onde nossos amigos e familiares vem e vão. E quando a gente vai entrando a expectativa é grande, acho que o hall deve ter o estilo de quem mora, logo que vamos entrando a gente percebe se ali é um espaço com aconchego e dá para perceber também quando a gente é bem vindo.

Quando vamos chegando em casa, vamos deixando para trás aquela barulhada da rua e vamos esquecendo as coisas boas ou conflitos do dia que passou, é uma momento especial, e a organização interfere diretamente no nosso emocional!!

Em geral, manter a entrada da casa arrumada é um desafio, principalmente para quem tem crianças, elas adoooram chegar em casa tirando os tênis, jogando a mochila por onde estiverem. Com um pouco de planejamento e disciplina, tudo fica mais fácil para termos grandes começos e finais felizes.

Primeiro, se pergunte: Como é minha rotina logo de manhã ? Qual a primeira coisa que eu faço quando chego em casa ? Tiro os sapatos ? Solto a bolsa ? Penduro as chaves ? Busque detalhadamente o que você mais gosta e trabalhe com seus hábitos e de quem mora contigo. Não lute contra o que é natural para você, ao invés disso, encontre soluções que funcionem de acordo com os hábitos de cada um. Se você gosta de tirar os sapatos sentado, inclua uma cadeira ou banco perto da entrada. Se o hall é o mesmo para levar o cachorro para passear, mantenha ali um lugar para pendurar a coleira, e ter aquele paninho para limpar as patinhas na volta do passeio. Há soluções para tudo, desde armários reaproveitados, à móveis sob medida, basta ter certeza do que for escolher.

Passos para um Hall eficiente:

  • Sapatos: costumam ser chutados para longe. Um sistema de caixas os cestas para cada pessoa. Em pequenos espaços, um rack é mais fácil de usar. Uma dica legal também são pinos: os sapatos ficam de cabeça pra baixo de modo que o ar possa circular, em dias de chuva, são maravilhosos. 
  • Casacos: ganchos de parede pendurados em diferentes alturas aproveitam muito bem o espaço principalmente em lugares estreitos.
  • Chaves: desenvolva o hábito de pendurar suas chaves assim que chegar em casa. Pode ser um cabide de chaves ou um bandejinha, mas saber aonde elas estão é essencial para uma saída prática de casa. É mais difícil sair de casa na hora certa, se suas chaves estiverem escondidas por ai!! Ai que pendenga quando a gente precisa sair e sabe lá onde a chave do carro se escondeu.
  • Pets: guias coleiras, saquinhos, dentre outros acessórios do bichano, podem muito bem ficar em ganchos ou baldinhos para facilitar sua vida.
  • Acessórios: dinheiro trocado, óculos de sol, fones de ouvido para caminhada, cachecol, bonés…tudo que você pega para usar na rua ficam bem melhor quando são facilmente vistos perto da porta.

E ai, gostou e se inspirou com as nossas dicas ? Qualquer dúvida procura a gente no www.arquitetaindica.com.br , que estamos aqui para te ajudar.

Mal posso esperar para apreciar tanta lindeza junta se você seguir as nossas dicas, faz umas fotos e manda para cá, se tiver ainda duvidas passe um e-mail que te conto tudo.

*Imagens retiradas da internet.

O que vem à cabeça quando se fala em “Arquitetura Oriental” ?

Alguma leveza no ar ? Apesar da sua simplicidade, as memórias das pessoas que vivem no Oriente remete à valorização da natureza, e um link entre tradição e modernidade. Inevitavelmente, o destaque fica por conta da China e do Japão, países cuja cultura se alastrou com mais intensidade no Ocidente.

A arquitetura do Oriente não disputa espaço ou atenção com elementos naturais. Pelo contrário, incorpora-os em cada aspecto, da base das construções aos detalhes da decoração. A decoração oriental busca a fusão de vários estilos, trazendo referências do japonês, chinês e até do asiático. Para nós, ocidentais, tudo é muito leve e limpo. Por isso, composições que resultam em tranquilidade são as mais procuradas para definir este estilo.

O estilo nórdico, da Escandinávia, tem uma simbiose grande com o estilo japonês, eu vejo bastante delicadeza nos dois estilos, elegância e funcionalidade, além da funcionalidade sem excessos, com base em madeira e tons neutros. Uma arquitetura minimalismo. A decoração oriental, em especial a japonesa, valoriza os cômodos abertos, normalmente conectados pelos painéis de Shoji, que são aquelas portas de papel de arroz e bambu   (uma boa ecológica substituição).

A madeira sempre aquece ambientes, e as construções são leves, inteligentes e   limpas. Há um templo na China construído em 1506, “Pagoda Yingxian” sem um prego, realmente é uma arquitetura inteligente e é de se tirar o chapéu.

AS CORES

A maioria das decorações orientais são inspiradas em cores da natureza. Cores neutras como tons de creme, azul claro e até mesmo cinza caracterizam muito bem esse estilo, deixando o ambiente muito elegante e harmonioso. Apesar de usarem muito esses tons, se o desejo for transformar o ambiente em um lugar mais luxuoso, é possível utilizar uma paleta de cores mais vibrantes, como vermelho, rosa e roxo.

EQUILÍBRIO E ALINHAMENTO

O equilíbrio nesse estilo é essencial! Uma decoração com pedras naturais, piso de madeira, cortinas de bambu e texturas orgânicas tornam tudo mais agradável. Pequenas estátuas de Buda, pinturas de rolagem asiática e divisores de quarto shoji conseguem inserir uma linda decoração oriental pela casa de uma forma simples. Alinhe tudo e mantenha os olhos dos espectadores sempre relaxados. Essa é a melhor receita para transmitir tudo o que o estilo oriental traz: tranquilidade, boas vibrações e relaxamento.

AS FORÇAS DA NATUREZA

Utilizar o som da água é ideal para criar um espaço simples e de contato com a natureza. A dica é escolher um ambiente da casa para colocar uma fonte, e se o objetivo for potencializar o ar oriental, decorações com velas e bonsais são as opções ideais. A água também possui a função de purificar o espaço, umidificando e refrescando o ambiente. Uma dica é cuidar com as instalações hidráulicas para que este espaço não gere problemas futuros, como infiltrações.

 

ILUMINAÇÃO

A iluminação acrescenta elegância a qualquer espaço! Experimente iluminar um ponto da casa com um cordel de lanternas japonesas ou um candeeiro marroquino, isso deixará o ambiente autêntico e com mais personalidade. Esse é o item mais fácil de aplicar em algum projeto. Você pode optar também por temas mais exóticos, que se tornem o ponto focal do espaço. Tente evitar luminárias com estilo industrial ou com metais muito evidentes.

TIRE OS SAPATOS E ACOMODE-SE

Almofadas de tecidos delicados são ótimas opções para enriquecer o ambiente, assim como a clássica cama japonesa também conhecida como Futon, um colchão milenar confeccionado com inúmeras camadas de algodão e colocado sobre um tatame. Feito por um Shikibuton (colchão interior), um Kakebuton e uma Makura (almofada), é justamente essa cama icônica do estilo oriental a responsável por atribuir ao quarto uma atmosfera aconchegante.

OS JARDINS

O jardim é amplo e usualmente é o entorno da construção, como se ela estivesse envolvida por ele. Mas também é possível reproduzir seus conceitos em versões reduzidas e até mesmo dentro de casa, com um espaço com areia branca e um ancinho, utilizado para desenhar pequenas ondas.

PRESENÇAS GARANTIDAS

  • Fontes de água corrente ou pequenos lagos artificiais abrigando carpas;
  • Arvores como as cerejeiras e o bordo japonês, flores como lírios e peônias;
  • Areia branquinha, especialmente nos jardins zen, nos quais não costuma haver água;
  • Pontes, em particular as de bambu;
  • Pedras dispostas com atenção.

LEMBRETE

Nada de exageros, somente o essencial! Esse estilo apresenta linhas retas e bem definidas, perfeitas para clientes apaixonados por uma decoração mais minimalista que buscam equilíbrio e valorizam o espaço com muita elegância.

E quando a gente fala sobre a arquitetura japonesa, lembre-se da placa de “não empurre” espere pacientemente a sua vez. Porque eles são calmos e bem humorados, aliás até o silencio é divertido porque as resposta se afloram com uma simples meditação.

 

*Imagens retiradas da internet.

Os arquitetos quando tem a missão de projetar escolas, escritórios ou mesmo salas de aula especificas têm um dilema: Como projetar um espaço que permita um trabalho focado e uma atividade em grupo?!

Na busca de respostas, pesquisei a história das salas de aula elementares que reproduzo aqui através do surpreendente catálogo de idéias do novo livro “The Design of Childhood”, onde a crítica de arquitetura Alexandra Lange apresenta uma pesquisa fascinante sobre design de sala de aula. Lange descreve como as salas de aula evoluíram desde o Século 19 em consequência às mudanças políticas, pedagógicas e tecnológicas de o dia.

Trabalhando com a colaboração dos educadores, os arquitetos buscaram por décadas criar espaços otimizados, mexeram em móveis, ventilação, iluminação, acústica, ergonomia e saneamento. Os arquitetos também descobriram uma maneira de mostrar um sentimento entre estudantes e professores, simplesmente escolhendo móveis do tamanho de crianças e desta forma faziam com que os alunos se sentissem em casa, mas na verdade na escola, se sentiam acolhidos por estarem num ambiente que era compatível com o mundinho deles.

Com a evolução dos projetos de salas de aula as soluções apresentadas melhoraram 100% a experiência do aluno. Os designers estão agora mais atentos às medidas físicas do aluno (garantindo que as crianças possam alcançar os objetos), posturas, estilos de aprendizado e cronograma de atividades. É uma lição que arquitetos particularmente aqueles que projetam escritórios e escolas, levam a sério.

Nós aqui no escritório EDC5 prestamos extrema atenção aos movimentos dentro das salas de aulas e escritórios. É importante mapear o que as crianças e adultos estão fazendo, e como que eles irão se sentir mais confortáveis. Veja no nosso projeto para a Escola Praticamente em Copacabana. Eles têm um conceito super diferenciado, e assim seguiu o projeto, com muitas cores e intervenções divertidas que estimulam a criatividade e a concentração.

Vários elementos clássicos da escola podem ser vistos em projetos de escritórios, embora talvez nem sempre com a mesma utilização usada ??nas escolas. Vamos listar alguns deles para que vocês se atentem como é bom trabalhar ou estudar com muito prazer.

Todos estes exemplos abaixo são tanto para profissionais como para alunos.

Espaços com privacidade.

Parede de escalada.

Espaço de relaxamento.

Decoração criativa.

Cadeiras de praia no jardim de inverno, se houver.

Decoração divertida e colorida.

Espaço dedicado à pratica de vídeos.

Itens de decoração que remetam ao lúdico.

Espaço (se puder), que seja possível andar de bicicleta, contando com uma mini ciclovia.

Jogar totó e ou xadrez nas horas de descanso.

Mesa e almofadas para relaxar.

Espaço de encontros num ambiente moderno e urbano.

Recepção cheia de plantas.

Refeitório com cantina onde se coma bem e se possível de graça. Xadrez gigante para jogar e entreter.

Local para tomar café com vista.

Decoração temática.

Mesa de reunião de grupo que foge do obvio.

Mesas de ping-pong.

Em vez de assentos formais colocar uma pequena arquibancada bem larga e com pouca altura, com almofadas.

Luz do dia adequada, boa acústica, ar fresco, assento de apoio nas costas.

Trabalhar em uma empresa ou numa escola assim é um sonho de quase todos os jovens. O escritório da Google não nos deixa mentir.

O incentivo às horas de descanso, momentos de reuniões, ou nos horários de refeições em conjunto aumenta e estimula a criatividade e a produtividade, em determinados nichos de trabalho, seriedade demais atrapalha.

Um ambiente construído assim pode ajudar as crianças e adultos a cultivarem a autoconfiança.

Este é o estado de espirito que eu chamo de Arquitetura da Felicidade

Quem não ama dar um tapa no visual naquele cantinho da nossa casa que a gente ama e habita ? Se voce é resistente à mudanças, veja se alguns comportamentos viciados não estão atrasando o seu lado, ao invés de abrir as portas . Para isso é preciso estar antenado nas Tops 10 Dicas para o decor, confira as últimas novidades ! Rola uma imensa curiosidade!!!
Então, quais cores, estampas, móveis, formas e materiais que estarão bombando nos próximos meses?
A gente conta tudinho para que você se inspire e deixe sua casa lindaaa!!!
Concentre-se no que voce tem e no que é possível viver…..
Muitas novidades vindo por aí e voce não vai gostar nadinha de ficar de fora.
Anos 50  – A nostalgia invade os espaços: formas arredondadas estão em alta, principalmente nos acessórios; texturas metálicas aparecem desde revestimentos a mobiliários com uma pitada de furta cor que dão um toque de glamour e uma pegada contemporânea;
Grafismo – Figuras geométricas estampam os tapetes e trazem um ar descolado ao ambiente, trazendo alegria e entusiasmo.
Materiais Inesperados –  Quase uma experimentação científica…..Os estúdios estão esbanjando criatividade quando o assunto é esse: A jogada da vez é criar com qualquer tipo de material.
Bruto que amamos – Um mix de elementos crus e naturais de uma forma delicada, a paixão reina sob estes céus.
Estilo Maximalista – Cores fortes, contrastantes, e padrões grandes dominam principalmente os papéis de parede e os estofados. O veludo também voltou com tudooo, repaginado em peças com design contemporâneo, e nós reles mortais queremos este luxo todo.
Casulo – A casinha dentro da casinha, estão super em alta os espaços para desacelerar, uma área para se desligar do mundo. Linhas orgânicas dão contorno aos objetos e também no visual dos mármores. A natureza invade de forma escultural os ambientes, afinal todo mundo quer um cantinho verde em casa, principalmente quem vive nos grandes centros urbanos, a senha da vez é desfrute sua casa com prazer.
Back to Black – Tons escuros são a aposta da vez. Essa cartela cria uma atmosfera atual, descolada e cria profundidade nos ambientes valorizando ainda mais a iluminação, destacando pontos específicos, e depois desta  ? olhe bem para voce e se pergunte: Espelho, espelho meu tem alguma casa mais bonita do que a minha ?
Neutros – O rosa millennial, oie ? que cor mais estranha é esta, sim, como seu próprio nome sugere, o sucesso do rosa queimado está diretamente ligado à tão falada geração Y ou geração Millennium, já pode ser considerado o grande coringa, e em contra ponto temos o azul cobalto, seguindo a tendência de tons escuros lançados e reconhecidamente merecido pela  Pantone.
Closet – Repensando sobre o consumo, sustentabilidade, essa onda mundial entrou pelos armários e arrancou até as portas. Closets compactos e abertos são a nova tendência. Só deve ficar o que realmente precisamos, poucas e boas roupas, e voilà temos que ter uma organização mara !!
DYI – No melhor estilo faça você mesmo, você vira um co-criador dessas peças que você monta do jeito que quiser e como precisa, sua vida é sua e quem comanda é voce. Mas se precisar, você pode me chamar, capisci ?
*Imagens retiradas da internet.

Imagine uma rosa: Agora despetale ela, a alegria que eu tenho em ganhar rosas é tanta que se eu pudesse colocava seus pedacinhos pelo chão e andava por cima. Eu fico vidrada quando ganho um buquê dessas lindezas.

A aflição é tão grande que nunca sei se começo abrindo a embalagem ou se vou direto abrir o cartãozinho para saber quem teve a sensibilidade de conquistar meu coração ?

Mas como fazer para que elas durem ?
E como deixá-las lindas ? Primeiro você tem que por pouquíssima água e sempre molhar o floral (a esponja verde ) com agua gelada.

E se eu resolver cultivá-las? Rosas estão entre as flores preferidas das pessoas e, realmente, tem uma variedade de beleza singular! As rosas encantam, perfumam e deixam qualquer ambiente mais cheio de vida. Mas, então: é possível trazer essa flor clássica para dentro de casa? A resposta é sim, e é mais fácil do que se imagina!

Bem reza a lenda, que voce não deve ter pena de podar !
A rosa é uma planta resistente, ela pede alguns cuidados para se manter saudável e aumentar cada vez mais a floração. A poda é primordial nesse quesito.

São necessárias pelo menos três podas por ano: uma drástica e as outras de limpeza.
A poda drástica, feita em julho, durante o Inverno, serve para aumentar a nova florada. Corta-se de 20 a 30cm dos galhos mais altos. Durante o resto do ano, pode-se fazer a poda de limpeza, quando são retiradas as flores velhas, que já desabrocharam. Além disso, deve-se também cortar 2 ou 3 brotos (gemas) para estimular a brotação. Uma poda bem feita é garantia de flores bonitas e saudáveis e até dobra a produção a cada florada. Lembre-se de fazê-la corretamente, cortar por cortar apenas mutila a planta e a expõe mais ao ataque de pragas como a formigas, pulgões, ácaros ou doenças como o mofo.

E as regas ?
Com este calor aqui do Rio de Janeiro devemos regar todos os dias. Mas quando chegar o inverno, eu recomendo regar uma vez por semana. Na temporada de chuvas é possível até suspender as regas.

Uma dica: a terra deve permanecer ligeiramente seca entre uma rega e outra.

Plante as mudas de preferência, num local com bastante sol e bem arejado. Para que as flores nasçam bonitas e praticamente o ano inteiro, a roseira precisa de sol pleno, ou seja, pelo menos de 6 a 7 horas diárias de luz solar direta. Se a roseira estiver em um local arejado, evitamos que apareçam os fungos nas folhas e flores, especialmente em regiões chuvosas.
Assim que perceber que a sua roseira possui belos cachos de flores, você poderá colher
(se assim desejar, claro!).

Neste momento o astral está perfeito e inofensivo, se você apurar seu faro e der ouvidos à intuição comece a presentear alguém ou decore algum espaço da sua casinha. Lembre-se de que essas flores precisarão de cuidado redobrado nessas condições, pois sairão do seu habitat natural.
Essa ideia tem tudo pra dar certo sua intuição não falha e nem te engana. Abra as portas para o amor de estar com flores em sua volta e conte com a harmonia que elas serão capazes de te proporcionar!

*Fotos retiradas do unsplsh.com.

Sempre que decidimos fazer alguma mudança mais radical na nossa casa, uma das grandes questões é: Vou ter grana pra isso ? Neste post vamos te ajudar a ter uma ideia de quanto você deve gastar para deixar seu cantinho como você sempre sonhou. Claro que existem N varáveis que influenciam no custo final, mas estimando esses valores e determinando os custos fixos da reforma fica muito fácil.

Calma que a gente te ajuda.

ANTES

DEPOIS

COMO ?

Uma reforma completa de um apartamento padrão (incluindo toda a troca de infraestrutura, tipo, hidráulica, elétrica, piso, revestimentos e marcenaria) tem sido em média 30% o valor do imóvel. Estamos cercados de obstáculos, a começar pelos materiais, há um grande disputa de poder e nesta hora, que começa o descontrole entre a qualidade do material e a simplicidade. Oh Deus ! Como vamos fazer se me encanto com todos os materiais mais caros ? Óbvio que vai depender muito do que você. Uma bancada em granito Branco Itaúna e uma bancada em Corian Charging Surface são duas coisas completamente diferentes. E os preços idem com batatas fritas. E nós reles mortais amamos sempre os mais caros. Oxê !!! que conflito !!!

O que podemos controlar melhor que são os custos “fixos”. Têm materiais e serviços que são indispensáveis em uma reforma completa: são itens de construção civil, nele estão o básico como, demolições, instalações hidráulicas e elétricas, remoção de entulho, pintura e ar condicionado. Além dos profissionais para se executar esses serviços, também precisamos dos materiais brutos como, areia, cimento, pedras, e muitos outros. Esse custo com a parte civil costuma ser de 25 a 40% do valor total da reforma.

ANTES

DEPOIS

 

O QUÊ ?

A paixão reina sob este céu! Porque chegamos na melhor parte: a hora de escolher os acabamentos, e as opções são infinitas, desde o mais caro ao mais barato, e isso vai direto à sua escolha. Há fatores que são além da lindeza, é preciso atentar à qualidade, durabilidade e manutenção, por que o barato pode sair mais caro depois. É preciso escolher o que mais se adeque ao seu momento de vida, e ao que cabe no bolso. Olho vivo em determinadas “facilidades “.

O planejamento é essencial !!! Fique esperto, uma reforma envolve vários itens que se não forem controlados estouram o orçamento. Cuidados com os impulsos. Ter uma planilha de custos e um cronograma de quando cada valor será investido deve ser a primeira coisa a ser feia. A orientação de quem entende do assunto é sempre a melhor opção, embora possa parecer um gasto extra, é sempre um investimento que vale a pena. Aqui no escritório depois do projeto aprovado, apresentamos uma planilha com os orçamentos de todos os itens facilitando a decisão do nosso cliente, planejamento de compras e eventuais substituições visando o melhor custo – benefício.

ANTES

DEPOIS

Nós, profissionais, temos o conhecimento necessário para te orientar na escolha dos melhores matérias, prestadores de serviços, fornecedores e todos os processos que uma obra demanda. Apresentamos custos estimados e efetivos da sua obra para que no final não haja sustos. Com todos esses anos de experiência em reformas e construções, temos muitas parcerias com profissionais que trabalham conosco a muito tempo e apresentam sempre a qualidade que se espera quando contratamos um profissional.

Ouvimos de quase todos que orçamentos e prazos nunca são cumpridos, aqui sempre levamos as melhores opções não apenas no desenvolvimento do seu projeto, como na execução da obra. O tempo de obra também é algo que influencia muito no custo de uma reforma e nós resolvemos esses tipos de problemas para você, o mesmo para quando chega o material errado na obra, ou quando algum prestador não cumpriu o combinado. Vamos em busca da excelência em um serviço bem feito. E se você está em busca de um escritório para te ajudar nessa fase, entre em contato com a gente que podemos ajudar você.

O lema aqui é : Garra, a vontade de que tudo saia certo, a luta e o clamor pela paz tão desejada por todos nós, além das boas ideias para solucionar os problemas mais cabeludos, estarão à nossa disposição.

*Imagens reais das nossas obras.

O processo de escolha das cores é como fazer uma administração nos nossos desejos e fraquezas. E como usá-las ? São duas vibes, você pode querer: ter uma casa CONVIDATIVA ou uma casa RECONFORTANTE.

A cor tem um papel bem importante no nosso cantinho e como nós nos sentimos neste espaço? Fundamentalmente somos os responsáveis de como influenciamos a nossa “PERSONA” com as cores. De acordo com o nosso mood a casa pode ter cores que são literalmente a nossa “CARA”.

Se voce faz o tipo AFETUOSO, a nossa casa é focada em qualidade, somos PERSONAS conscienciosas, sensatas e pensativas. E o que quer dizer isto ? A casa é aberta para amigos, é convidativa, é lúdica e é ali que a gente fala, “Minha casa é o meu abrigo” e a pesquisa indica que cores cinza, azulados escuros, rosas secos são as cores de quem gosta de receber.

Agora se voce faz o tipo PERSONA ABERTA, ah! com certeza sua casa vai ser inclusiva, otimista, colaborativa e sobretudo acolhedora. E se voce tem esta persona vá para os tons beges, cor de café com leite, castor, amarelos mostarda e tons terrosos.

Quando as cores são utilizadas com conhecimento e cuidado, elas podem aumentar visual, alterar as proporções, darem a sensação de maior ou menor altura e a senha para isto tudo : serem um fator de RELAXAMENTO OU EXCITAÇÃO, gente e isto não é o máximo ?

À medida que a gente começa a explorar e entender os efeitos das cores, elas se tornarão a base de uma rica gama de efeitos que podemos utilizar de acordo com o espaço que temos.

É o que tem para hoje ? Claro que não vamos seguir com a corda toda e fertilizar algumas regrinhas tops !!!

  • DANDO VOLUME

Se voce pensou em pintar um cômodo de uma mesma cor, se prepare este efeito aumenta seu volume visual, ou seja, aumenta seu espaço. Ambientes pequenos parecem ser maiores ou mais íntimos, dependendo das escolhas de cor.

A abordagem funciona também em situações nas quais está envolvida uma sequência de espaços conectados pela mesma cor ou em tons parecidos, uau esta é uma maneira de mostrar que os ambientes tem uma profundidade imensa.

  • NOS DOIS SENTIDOS

As cores podem ser utilizadas para fazer uma conexão de espaços, como no caso de uma sala com uma altura (pé-direito) grande. Pintar uma parede na mesma cor pode fazer que seus olhinhos caminhem do alto à baixo do ambiente e veja que por conta deste truque alguns elementos se destacam de verdade nesta parede, por exemplo uma luminária, uma obra de arte, um móvel ou mesmo os adornos deste móvel.

O uso de uma única cor também tem seus truques, normalmente em lugares que tem mezanino, e com esta única cor a impressão que se tem é que as paredes verticais pareçam mais próximas ou mais afastadas.

  • MOLDURAS, PORTAS E RODA-TETOS

Destaque aqueles elementos de que tem importância em um projeto, como molduras de portas e paredes, roda-tetos, e o que mais possa chamar a sua atenção, vá fundo cace os aspectos sutis do seu projeto, não deixe brechas apure seu faro e nada poderá passar despercebido à primeira vista.

Destaque a cor de uma porta e veja a diferença no resultado final: uma porta vermelha em uma parede branca parecerá mais presente no recinto do que uma porta pintada da mesma cor da parede. Aliás só vai dar ela, a cor que voce escolheu vai saltar aos olhos dos seus amigos, todos viverão em harmonia felizes, ah !! Dê ouvidos à sua intuição, voce sabe que ela nunca te engana !

  • Modificando as proporções de um recinto

A cor pode mudar as proporções de um ambiente. Experimente pintar uma parede com uma cor diferente em alturas determinadas pode ser lá no alto ou lá em baixo, sim sua criatividade fervilha e suas ideias estarão alinhadas com o que há de mais moderno. Voce sabia que apenas mudar o brilho da tinta ou escurecer as partes mais altas de um cômodo são algumas das estratégias que o designer pode usar ? Isto mesmo vá anotando tudo aquilo que voce está lendo aqui, se jogue e acredite a nossa percepção de espaço está co-criando com voce um ambiente top.

É muito legal brincar com os efeitos que as cores podem proporcionar, mudanças são benéficas e mudar o ambiente é o primeiro passo para a gente ser mais feliz.

Como eu sei que voce não vai querer perder nem uma ideia, organize-se de uma forma que caiba no bolso e corra para o abraço, viva bem e aproveite a viagem das cores e da vida.

 

*Imagens retiradas da internet.

Fico eufórica só de pensar em quantas coisas legais poderemos colaborar com o planeta sendo sustentável. Se voce é daqueles que gosta conjugar o verbo avançar, chegou a hora, vou te contar ! Então, o que passa na arquitetura ? E o que há neste leque de possibilidades ? Bem, logo de cara vamos para decoração, moda e paisagismo. A gente logo pensa que a responsabilidade ambiental começa dentro da nossa casa.

Segundo Giovana Ruppenthal, uma especialista em gestão ambiental é possível elaborar um tecido com bastante cuidado a partir de matérias primas simples, ela conta que nas Filipinas estão usando casca de abacaxi para elaborarem tecidos para roupas, mas ela afirma que podemos trabalhar também com casca de banana e

Tecido em fibra de abacaxi

 

Tecido em cortiça

 

Tecido em algodão e fibra de casca de banana

 

Os pisos e utensílios em bambu são perfeitamente ecológicos. Isso porque seu cultivo é sustentável: não exige adubo, herbicidas e quanto mais se corta, mais cresce.

 

Com um pegada eco-friendly, podemos reaproveitar as embalagens de leite na fabricação de telhas e iluminação solar.

Como as garrafas pet podem ser as vedetes ? Ah porque elas podem fazer parte de um aquecedor solar, ou na fabricação de colchões, como a Líder Interiores.

Fábrica da Líder Interiores

Fábrica da Líder Interiores

E as tampinhas ? São reaproveitadas para a execução de artesanato. E isto é o máximo, podemos beber da fonte das boas ideias !!!

A criatividade aparece redonda, em forma de moveis feitos a partir de troncos abandonados no meio do mato. Criar não depende apenas da iniciativa de indústrias, artesãos, arquitetos, designers e pessoas comuns entram de cabeça nesta tal vida louca de salve-se quem puder e voce criando sentirá um orgulho danado por ter conseguido executar coisas que quem sabe poderão ser adotadas pelo mercado.

O nosso momento é bastante propicio, renove, ouse e deixe os amigos com os olhinhos brilhando com tanto de coisa bacana que voce poderá fazer. E a gloria é toda sua.

Mãos à obra pessoal !!

Olhe bem para voce, pegue seu espelho e repita mil vezes “Eu sou capaz de fazer, eu fiz e está lindo !!!“

 

*Imagens retiradas da Internet.