Imagine uma rosa: Agora despetale ela, a alegria que eu tenho em ganhar rosas é tanta que se eu pudesse colocava seus pedacinhos pelo chão e andava por cima. Eu fico vidrada quando ganho um buquê dessas lindezas.

A aflição é tão grande que nunca sei se começo abrindo a embalagem ou se vou direto abrir o cartãozinho para saber quem teve a sensibilidade de conquistar meu coração ?

Mas como fazer para que elas durem ?
E como deixá-las lindas ? Primeiro você tem que por pouquíssima água e sempre molhar o floral (a esponja verde ) com agua gelada.

E se eu resolver cultivá-las? Rosas estão entre as flores preferidas das pessoas e, realmente, tem uma variedade de beleza singular! As rosas encantam, perfumam e deixam qualquer ambiente mais cheio de vida. Mas, então: é possível trazer essa flor clássica para dentro de casa? A resposta é sim, e é mais fácil do que se imagina!

Bem reza a lenda, que voce não deve ter pena de podar !
A rosa é uma planta resistente, ela pede alguns cuidados para se manter saudável e aumentar cada vez mais a floração. A poda é primordial nesse quesito.

São necessárias pelo menos três podas por ano: uma drástica e as outras de limpeza.
A poda drástica, feita em julho, durante o Inverno, serve para aumentar a nova florada. Corta-se de 20 a 30cm dos galhos mais altos. Durante o resto do ano, pode-se fazer a poda de limpeza, quando são retiradas as flores velhas, que já desabrocharam. Além disso, deve-se também cortar 2 ou 3 brotos (gemas) para estimular a brotação. Uma poda bem feita é garantia de flores bonitas e saudáveis e até dobra a produção a cada florada. Lembre-se de fazê-la corretamente, cortar por cortar apenas mutila a planta e a expõe mais ao ataque de pragas como a formigas, pulgões, ácaros ou doenças como o mofo.

E as regas ?
Com este calor aqui do Rio de Janeiro devemos regar todos os dias. Mas quando chegar o inverno, eu recomendo regar uma vez por semana. Na temporada de chuvas é possível até suspender as regas.

Uma dica: a terra deve permanecer ligeiramente seca entre uma rega e outra.

Plante as mudas de preferência, num local com bastante sol e bem arejado. Para que as flores nasçam bonitas e praticamente o ano inteiro, a roseira precisa de sol pleno, ou seja, pelo menos de 6 a 7 horas diárias de luz solar direta. Se a roseira estiver em um local arejado, evitamos que apareçam os fungos nas folhas e flores, especialmente em regiões chuvosas.
Assim que perceber que a sua roseira possui belos cachos de flores, você poderá colher
(se assim desejar, claro!).

Neste momento o astral está perfeito e inofensivo, se você apurar seu faro e der ouvidos à intuição comece a presentear alguém ou decore algum espaço da sua casinha. Lembre-se de que essas flores precisarão de cuidado redobrado nessas condições, pois sairão do seu habitat natural.
Essa ideia tem tudo pra dar certo sua intuição não falha e nem te engana. Abra as portas para o amor de estar com flores em sua volta e conte com a harmonia que elas serão capazes de te proporcionar!

*Fotos retiradas do unsplsh.com.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.