jan
11

Precisamos ter iniciativa, precisamos ser proativos. Se estragou conserte, se desarrumou, arrume. Sua casa é uma entidade pulsante, viva e requer cuidados constantes, cada canto tem um sistema central que devemos cuidar com amor.

Quando começamos algo precisamos terminar, isto nos faz muito bem, é o fechamento de um ciclo, e isto nos propicia uma sensação maravilhosa, de dever cumprido, isto nos motiva, nos dá um gás e sobretudo confiança.

Você sabe que não adianta só fazer uma maquiagem na decoração, sem ver se as entranhas da casa estão funcionando.


O que adianta ter um casa que a descarga não funciona, que a torneira pinga e que sai ferrugem da torneira ? Além de termos que ter infinitos cuidados com os pontos elétricos, a principio se não dermos atenção o prejuizo é imenso. Coisas muito simples, nos dão pânico, como lâmpadas queimadas que só lembramos quando escurece, quando o motor da geladeira parece com um carro formula 1 e porquê? Porque perdemos o foco das nossas necessidades, a gente vai deixando meio que de lado e a coisa toma proporções imensas.

 

 

Não tenha vergonha de pedir ajuda à família, todos devem colaborar. Com crianças eu costumo indicar um quadro que fiz relacionando as obrigações simples e enumeradas que toda criança deveria ter. Exemplos: Deixou toalhas molhadas no banheiro, roupas pelo chão, enfim tudo que significa perda de foco e dará responsabilidade para os pequenos. Cada coisa certa, ganha uma estrelinha * * * * *

A nossa casa deve ser um santuário onde as coisas funcionem 100% pelo menos em relação aos itens básicos.
Quanto mais tempo a gente deixa as coisas quebradas mais complicada fica a nossa casa e isso não é o que desejamos.
Quanto a parte elétrica eu sugiro você conhecer bem seu quadro de luz, aquele armário que normalmente fica na cozinha com a distribuição dos disjuntores. Quando o calor está grande e todos os aparelhos de ar condicionado estão ligados se os mesmos não tiverem balanceados o risco de apagão na sua casa é grande. Tenha etiquetados os disjuntores e saiba quem é quem dentro do quadro de luz.

 

Não fure nenhum buraco no seu banheiro se você não conhece a parte hidráulica, veja que isto é também um risco, furos na tubulação dá um trabalho danado, para serem consertados, então minha gente evitem buracos em paredes.

Deixe um caderninho com os nomes dos possíveis profissionais que possivelmente possam te ajudar. Tenha um kit de sobrevivência para coisinhas imediatas, como chaves de fenda, parafusos, fita de vedação e isolante.

 

E independentemente da sua idade, de credo ou das experiências que angariou até aqui, abra aquela “gavetinha” da (boa) ingenuidade e da vontade (oculta) de acreditar que não existem milagres em se tratando de COISAS QUEBRADAS.

 

 

Deixe seu comentário