set
21

Este Casa Cor do Rio 2018, está cheio de verde, a cor do momento escolhida pela Pantone e o verde da natureza. Achei os espaços bacanérrimos, percebi que a Arquitetura Sensorial está muito presente, aflorando as nossas memórias afetivas. Eu gostei tanto que eu gostaria de comentar todos, mas resolvi que só vou falar só dos meus prediletos, indiferente de ser amigo ou não.

Refúgio Urbano – Bruno Carvalho e Camila Avelar, da BC Arquitetos.


Este é está muito lindo, na medida de objetos e móveis, não há excessos. Eles construíram este chalé que está uma graça e bem viável.

Loft do Homem – Maurício Nóbrega.


Ele foi muito feliz com este loft, ainda abriu as paredes para dar amplitude ao apê, que tem tudo que se precisa para viver, de extremo bom gosto. A paleta o branco, bege e cinza não te dá margem de erros. E os detalhes dos objetos do Arnaldo Danemberg, são de suspirar. Adorei tudo, do piso ao teto.

Cafofo Studio Ro+Ca – Rodrigo Béze, Carlos Carvalho e Caio Carvalho, do Studio Ro+Ca.


Neste cafofo eu moraria, está um arraso, parabéns meninos ! A ousadia sempre presente está bem legal e as cores estão um UAU !!! Prestem bem atenção que máximo os azulejos no quarto e a escultura de ferro que brinca com a realidade, parece uma toalha !!!

Livraria e Sala de Leitura – Hannah Brauer, Regina Prior e Bianca Prior.


As meninas foram muito felizes com os tons terrosos nas paredes e com a sensibilidade de trazer a Arquitetura Sensorial, amei os tsurus, sou suspeita porque já os coloquei em 2 projetos. A árvore remete à um ambiente de extrema tranquilidade.

Loft Renault – Alexandre Gedeon e Hugo Schwartz, da InTown Arquitetura.

Está bem executado e sobretudo bonito, muito interessante a fachada em estrutura metálica, madeira e revestimento cerâmico.

Vista Bistrô – Paula Neder.


Um lugar que voce não vai mais querer sair, tamanha delicadeza, tudo harmônico, as cores estão mara, os quadros da Mana Bernardes, as molduras das janelas, com a vista UAU !! E o jardim lá de fora está lindíssimo, muito elegante !!

Studio Neo – Monique Pampolha e Hannah Cabral, do Studio MH Arquitetura.

As meninas acertaram na cor verde, está uma gracinha, adorei o piso e o front da pia com o mesmo acabamento em porcelanato.

Suíte dos filhos – Ketlein Amorim.


Sabe aquele quarto que a moçada vai querer ? Pois bem está tudo lá, bem setorizado, e a máxima foi o vidro com os apetrechos que os adolescentes amam, nutella, pipoca e todinho e etc… E cada um no seu quadrado com cortininha para dar privacidade !!!

Consultório de Psicanálise – Isabella Lucena e Paula Gusmão.

Aqui a Arquitetura sensorial mandou muito bem e a vedete do studio é a mesa que estica, muito legal !!! Ah não deixem de ver o piso de granilite cimentício.

Praça das Palmeiras – Carla Pimentel.

Está praça está demais e a paisagista foi muito feliz eu adorei !!! Com 800 m², a praça central da mostra apresenta um paisagismo contemporâneo com espécies da flora brasileira. O espelho d’água parece um rio pela forma geométrica, contornado pelo deck criado com uma composição de sobras de madeira e resíduos de plástico reciclados.

Empório & Cine Lounge – Cristina Côrtes, Virna Carvalho e Sandro Ward.


Se vocês vissem como era antes vocês não iriam acreditar, muito bem resolvida a casinha virou uma deli sensacional e ainda mais com um cinema. De extremo bom gosto, com paisagismo integrado.

Studio Premium – Fábio Bouillet e Rodrigo Jorge.

Como sempre os meninos optam pelas cores sóbrias e eu gostei muito do aparador do living além do momento da chegada com uma foto sensacional !!

Suíte Zen – Jacira Pinheiro Frisos.

Eu dormiria ali feliz da vida, tem molduras clássicas, além de cores lavadas, me lembra quarto de castelo. E as flores são o toque feminino que eu amei.

Recepção Guanabara – Ricardo Melo e Rodrigo Passos.

Meu Deus o que é isto ? Que lindeza de ambiente e aquele quadro ? Que delicadeza de objetos ! Parabéns meninos !!!

O tema “Casa Viva” ressalta a harmonia entre o homem e a natureza. Plantas, árvores e outros elementos de paisagismo estão distribuídos de diferentes formas entre espaços que apresentam grande interação entre interior e exterior.
Poderá ser apreciada até o dia 04 de novembro de 2018. São 72 profissionais com espaços que alternam entre 25 a 120 m2 , a arquitetura carioca está de parabéns porque está lindo este CASA COR, vale a pena subir a Ladeira da Glória!

2 comentários para “Casa Cor Rio de Janeiro 2018”

  1. Emmilia Cardoso

    Emmilia Cardoso

    Olá que bom que você percebe, como as pessoas estão morando cada vez mais em ambientes conjugados e menores. Continue curtindo meu Blog, e meu muito obrigada !!

Deixe seu comentário