set
14

Imagine um pom-pom enorme, agora olhe mais atentamente, e veja que na verdade é um cacto. Existem três respostas para algo que você aprecia: SIM, NÃO e UAU!!


É como você fica quando conhece este museu de cactos, pensa logo UAU !! Como eu gosto extremamente de jardins mundo a fora, hoje trago para vocês este interessante Museu de Cactos: “Desert City”, que visitei em Madri.


Projeto do espanhol Jacobo García-Germán, este centro de jardinagem experimental para cultivo de cactos e exposições fica num trecho de um antigo deserto situado entre uma rodovia e o Parque Regional da Bacia do Alto Manzanares, em San Sebastián de los Reyes.O Museu tem 16.000 metros quadrados, incluindo jardins internos e externos para xerófitas uma espécie de cactos e suculentas que exige pouca água.


O centro também inclui laboratórios e oficinas, bem como um restaurante e uma loja enorme, o local é aberto ao público para cursos e centro de jardinagem.
Tudo começou quando Mercedes García Bravo mulher de Jacob que ama cactos, engenheira e química profissional, comprou um terreno baldio e foi passo a passo produzindo o exuberante jardim que é agora.


A ideia foi transformar o museu em um dos mais importantes complexo de cactos da Europa – com efeito de estufa, escritórios, espaços de pesquisa e desenvolvimento, espaços de armazenamento, espaços de oficina e restaurante.
O projeto é interessante porque há corredores lineares de vidro se estendendo pelos jardins, unindo dois blocos retilíneos em cada extremidade do terreno, como um claustro, assim o miolo fica bem protegido da poluição da autoestrada que passa em frente.


Surpreendente, ele encanta os sentidos dos visitantes, com as suas mais de 400 espécies de cactos, com um detalhe que no final todos podem comprar.

*Imagens do acervo pessoal!!

Deixe seu comentário