jan
04

Continuando o nosso post da semana passada em que falei que há cômodos que conjugam várias funções, vou aqui dar algumas dicas para isso. Por exemplo se você vai fazer suas brincadeiras com seus filhos no quartinho deles vamos separar da área deles dormirem, assim como a área de estudo, acredito que você vai precisar de objetos que separem.

Caso você na sua cozinha tenha que dividir espaço com seu escritório, primeiramente vamos pensar num jeito de colocarmos uma mesa para você poder escrever. Mas tem um detalhe que atormenta a gente que são as tomadas, (ou a falta delas) imagina que em caso de esquecimento vai ter aquela barafunda de fios no meio do caminho da passagem, e se forem poucos pontos se coloca um filtro de linha ou vários benjamins, isto me dá coceira só de pensar.

Falando em luz, é bom lembrar que deve ser abundante, ou seja pense em um local bom para por a sua mesa de trabalho. Dê uma volta na casa toda e analise se os pontos de tomada estão de acordo com as suas necessidades. Agora que você já fez um check list dos espaços analise bem se os moveis estão de acordo com suas prioridades, se nem estão de mais ou nem de menos.

Avalie com uma trena se tudo o que você precisa cabe realmente no espaço determinados, se precisar faça uma planta-baixa, lá no meu site da www.arquitetaindica.com.br eu te ensino como fazer estas medidas básicas. Esta é a melhor forma de encontrar soluções criativas quando estamos falando em ambientes multifuncionais, a dica #pedrada é:

 o que for mais importante dentro do ambiente é o que deve ocupar o maior espaço de metragem quadrada.

Tratam-se de limites imaginários ou não, já falei que tapetes e biombos são ótimos parceiros nesta situação, eu costumo também setorizar através de cores nas paredes ou tetos, falando em teto lembre-se que numa sala de estar os tetos em gesso são muito parceiros, podemos chamar de divisores flutuantes, porque são imperceptíveis e facilitares nestes casos.

Um bom exemplo de espaço com várias funções é restaurante que tem mesas, cozinhas, balcão de comidas, recepção, bares, reservados e quando bem projetado tudo fica perfeito, sem conflitos de passagens. Com uma logística complicada porque fica tudo à mostra dentro de um único salão. Mas sempre bato nesta tecla, que um arquiteto é a pessoa mais indicada em auxiliar de suas dificuldades.

Uma forma simples de dividir sala de TV e sala de estar é colocando um console nas costas de um sofá. A possibilidade de colocar adornos com itens virados para um lado ou para outro é grande sem que seja necessário que o adorno tenha vida própria. Colocar plantas altas, esculturas, cortinas que dividem ambientes, com possibilidades de tornar-se um quarto de hospedes, portas de correr.

E para terminar faça uma lista completa dos seus ambientes que podem ser setorizados:

Comece colocando o nome do espaço, depois defina o que você pode usar como limitador do espaço, de acordo com as suas necessidades, pode ser a cor, forma, uma textura, mudar o estilo de decoração, algum tipo de revestimento…. enfim temos muitas opções, defina o uso e mãos a obra!!!!

Até a próxima. :)

Deixe seu comentário